• Tribuna da Calha Norte

Casamento entre pessoas do mesmo sexo aumenta em 101% no Pará

Graziela Ferreira

De acordo com a pesquisa de Registro Civil de 2018, ao contrário da lógica nacional, em que os casamentos estão diminuindo desde 2015 a 2018, os casamentos no estado do Pará seguem em alta. Em 2015 foram 31 mil casamentos registrados, enquanto que em 2018 a quantidade de uniões matrimoniais foram de 36 mil.

Em comparação a 2017, o aumento segue significativo já que nesse ano o número de casamentos foi de 33 mil. O Pará ocupava a 10ª posição do ranking nacional em número de casamentos em 2018. O primeiro lugar ficou para São Paulo com 279 mil e o último pra Roraima com 2 mil casamentos.

As uniões matrimoniais entre pessoas do mesmo sexo também tiveram aumento no estado do Pará. Em relação ao ano de 2017, foram oficializadas cerca de 100 uniões, já em 2018 foram registrados 201 casamentos, indicando que houve o dobro de uniões entre os períodos, ou seja, um aumento de 101%. A maior proporção de casamentos ainda era de cônjuges do sexo feminino e masculino com cerca de 35 mil registros.

Em 2018, mulheres ainda são as principais responsáveis pela guarda dos filhos

Por outro lado, o número de divórcios foi de 8,5 mil registros no estado. Desse total 4,2 mil divórcios concedidos eram consensuais (em que ambos os cônjuges estavam de acordo). Já os não consensuais somavam 2,6 mil registros, sendo 1,2 mil solicitados pelo marido, enquanto que 1,4 mil foram requeridos pelas esposas.

Já para os casais divorciados com filhos menores de idade, a pesquisa apontou que a guarda dos filhos ainda são das mulheres com 2 mil registros, enquanto que dos casos em que os homens ficaram responsáveis pelos filhos foi de 253. Outros 1 069 registros são da guarda compartilhada dos filhos.

Os registros de divórcios paraenses apontam também que o tempo transcorrido entre a data de casamento e a data de sentença do divórcio, realizados em 2018, foi de 26 anos ou mais, ou seja, 2 mil casais permaneceram casados durante esse tempo.

© Copyright Jornal Tribuna da Calha Norte 2003 - 2020. Todos os direitos reservados.