• Tribuna da Calha Norte

Jogador faz tatuagem eternizando passagem pelo Tapajós


Contratado para defender o Boto no Parazão 2020, o atacante Caeté eternizou um momento na equipe santarena. O jogador fez uma tatuagem na perna com uma foto de uma partida do Tapajós em Santarém.

O registro foi feito pela repórter Dominique Cavaleiro, quando a equipe retornava para o segundo tempo da partida. Para a repórter, ter visto o atleta eternizar um registro seu, é motivo de muita alegria.

- Eu estava em campo e quando eles retornaram para o segundo tempo registrei o Caeté, quis fazer uma foto mostrando o semblante dele, pois naquele momento o Boto não estava tão bem na partida. Percebi que ele estava concentrado, focado e fiz a foto. Fiquei bem feliz de ele ter gostado e ter feito a tatuagem – disse Dominique.

O jogador disse que o Tapajós é a primeira equipe que ele teve a oportunidade de defender no Campeonato Paraense, por isso ele quis eternizar o momento especial que viveu na equipe santarena.

- No dia não aconteceu o que a gente queria, que era a vitória, mas a foto eu achei bonita e combinou com uma frase que eu tatuei na perna, por isso resolvi tatuar – disse Caeté. (Globo Esporte STM)

© Copyright Jornal Tribuna da Calha Norte 2003 - 2020. Todos os direitos reservados.